Venham se divertir!

Venham se divertir!
Artesanatos, receitas, reportagens, idéias etc
Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 29 de março de 2010

ÁLCOOL EM GEL


Álcool em gel: as crianças podem usar todos os dias?

Não há um limite para o uso do produto, mas especialista afirma que o ideal é lavar as mãos com água e sabão

Ana Paula Pontes

Beto Tchernobilsky
Você já deve ter percebido que, depois da gripe suína, o álcool em gel ficou famoso na escola do seu filho, no seu trabalho, no shopping. Mas ele é seguro para os pequenos?

Segundo Flávia Addor, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o produto pode ser usado em crianças a partir dos 3 anos. Isso porque o grande problema do álcool em gel é o manuseio, e há risco de a criança colocar a mão na boca, por exemplo. “Embora ele tenha baixa toxicidade, mesmo a partir dessa idade é fundamental a supervisão de um adulto na hora da aplicação”, diz. 

O gel, que virou novidade para as crianças na volta às aulas, pode ressecar apele. Descamação e coceira são alguns dos sinais de irritação pelo produto. Se acontecer isso com as mãos do seu filho, fale com o pediatra para que ele indique um hidratante. Se houver algum ferimento, não use o produto. 

A especialista alerta ainda de que o ideal e suficiente para a higienização é lavar as mãos das crianças com água e sabão, restringindo o álcool em gel somente para aquelas ocasiões em que a lavagem das mãos não é possível. 

Segundo Flávia, não se pode prever se crianças com problemas respiratórios, como os asmáticos, irão desenvolver algum desconforto por conta do produto. Por isso, se o seu filho é alérgico, converse com o médico dele antes de aplicar o álcool.