Venham se divertir!

Venham se divertir!
Artesanatos, receitas, reportagens, idéias etc
Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 31 de março de 2010

RENATO RUSSO


Salve Renato!

por Renata Prado, redação ONNE

Porta-voz de uma geração, Renato Russo completaria hoje 50 anos


Foto: (Divulgação)

“É tão estranho, os bons morrem jovens...” o hit Love in The Afternoon, composto por Renato Russo para sua banda Legião Urbana, hoje descreve sua própria trajetória e alimenta a saudade de seus milhares de fãs.

Renato Manfredini Júnior nasceu em 27 de março de 1960 no Rio de Janeiro. O cantor e compositor, que embalou multidões ao som de Pais e Filhos, completaria 50 anos em 2010.
 

Conhecido como Renato Russo, uma maneira que o músico encontrou de homenagear Jean-Jacques Rousseau e Bertrand Russel, o carioca, que passou sua adolescência em Brasília, é considerado um dos mais importantes compositores do rock nacional.
Renato, suas canções e indignações ficaram conhecidos a partir de 1978 por meio de sua primeira banda, Aborto Elétrico, que durou 4 anos e deu origem ao conjunto de Dinho Ouro Preto, Capital Inicial. Por conta desta experiência, e da influência de Sex Pistols, o cantor adquiriu uma forte tendência punk.

Mas foi em 1982 que Renato deu o maior passo para a história da música nacional com a formação da Legião Urbana, ao lado de Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá. O primeiro CD contava com o baixista Renato Rocha em sua composição. Com um estilo musical mais próximo do pop rock a banda se popularizou e embalou toda uma geração de adolescentes com Eduardo e Mônica, Índios e com a ironia bem elaborada de Faroeste Caboclo e Perfeição.
Com um repertório rico e de grande conhecimento geral, as músicas da banda traziam trechos Bíblicos, referências ao poeta nacional Cazuza, Beatles, Camões e, mais importante que isso, traduzia o sentimento de dor, euforia e a busca por um lugar no mundo, típico de toda juventude. Literalmente Renato guiou uma Legião.

Dono de uma personalidade forte e conflitante, o músico demonstrava toda sua fúria em palavras fortes e atitudes polêmicas no palco. Renato brigava com o público, cantava o que queria e quando queria e admitiu inúmeras vezes que compunha o que sentia, ser popular foi só uma consequência. 

Entre os episódios marcantes de seus shows estão o do estádio Mané Garrincha, em Brasília, em 1988, quando Renato deixou o palco irritado com o atraso para o início do show e com a desordem do público que depredou o estádio deixando 500 pessoas feridas; e em 1995, em Santos, quando o cantor foi atingido por uma latinha e permaneceu deitado no palco por 45 minutos. Foi a última apresentação da banda.

Sua ousadia não se resumiu aos palcos. Aos 18 anos, Renato assumiu para sua mãe sua bissexualidade e em, 1988, em uma atitude, na época extrema, assumiu publicamente. Entre suas paixões está o músico norteamericano Robert Scott Hickman, conhecido como o grande amor de sua vida.
 
Mas o maior amor da vida do compositor estava por vir. Giuliano Manfredini, único filho do cantor, é fruto de um caso discreto e relâmpago. Hoje, aos 20 anos, Giuliano, criado por sua avó desde a morte de Renato, trabalha como artista e produtor musical.

O polêmico, culto, irreverente e irado Renato Russo faleceu em 11 de outubro de 1996 em seu apartamento na zona sul do Rio de Janeiro vítima de complicações do vírus HIV. Com apenas 45 quilos, debilitado, jovem, inconstante, sensível e corajoso... Completamente Renato...
(Divulgação)

segunda-feira, 29 de março de 2010

ÁLCOOL EM GEL


Álcool em gel: as crianças podem usar todos os dias?

Não há um limite para o uso do produto, mas especialista afirma que o ideal é lavar as mãos com água e sabão

Ana Paula Pontes

Beto Tchernobilsky
Você já deve ter percebido que, depois da gripe suína, o álcool em gel ficou famoso na escola do seu filho, no seu trabalho, no shopping. Mas ele é seguro para os pequenos?

Segundo Flávia Addor, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o produto pode ser usado em crianças a partir dos 3 anos. Isso porque o grande problema do álcool em gel é o manuseio, e há risco de a criança colocar a mão na boca, por exemplo. “Embora ele tenha baixa toxicidade, mesmo a partir dessa idade é fundamental a supervisão de um adulto na hora da aplicação”, diz. 

O gel, que virou novidade para as crianças na volta às aulas, pode ressecar apele. Descamação e coceira são alguns dos sinais de irritação pelo produto. Se acontecer isso com as mãos do seu filho, fale com o pediatra para que ele indique um hidratante. Se houver algum ferimento, não use o produto. 

A especialista alerta ainda de que o ideal e suficiente para a higienização é lavar as mãos das crianças com água e sabão, restringindo o álcool em gel somente para aquelas ocasiões em que a lavagem das mãos não é possível. 

Segundo Flávia, não se pode prever se crianças com problemas respiratórios, como os asmáticos, irão desenvolver algum desconforto por conta do produto. Por isso, se o seu filho é alérgico, converse com o médico dele antes de aplicar o álcool.

Abaixo, você confere 5 dicas práticas para reduzir o sal na alimentação do seu filho:
1. NADA DE SALEIRO A primeira coisa a fazer é reduzir o sal de adição, o saleiro que fica na mesa. A criança tem tendência para gostar de paladares mais intensos, tanto para o salgado quanto para o doce. Saleiro é um perigo. 

2. OUTROS TEMPEROS Invista em ervas para compor suas receitas. Assim, você coloca menos sal no preparo dos alimentos. Se for temperar uma salada, por exemplo, use limão ou orégano. 

3. MENOS SALGADINHO 
Evite ou reduza o consumo de alimentos industrializados, como salgadinhos, de que algumas crianças tanto gostam. Eles têm muito sal na composição. 

4. PERIGO NOS EMBUTIDOS 
Alimentos como salsicha, presunto e hambúrguer seguem a mesma regra. 

5. SÓDIO EM ENLATADOS 
Veja no rótulo dos alimentos a quantia de sódio que consta em sua composição. Alguns produtos que têm sódio não são salgados, como enlatados de legumes, mas podem fazer mal se consumidos em excesso. 

Fonte: Carlos Alberto Nogueira de Almeida, diretor do departamento de Nutrologia Pediátrica da Associação Brasileira de Nutrologia.

Crescer - NOTÍCIAS - Cuidado com o sal na alimentação das crianças

Crescer - NOTíCIAS - Cuidado com o sal na alimentação das crianças


Cuidado com o sal na alimentação das crianças

Pesquisa brasileira mostra que o consumo de sódio diário por pessoa está acima do recomendável. Veja o que fazer para reduzi-lo da alimentação do seu filho


Ana Paula Pontes e Thais Lazzeri


Beto Tchernobilsky
Qual é a quantia de salque você coloca na comida de sua família? Uma pesquisa realizada pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo revelou que nas casas brasileiras a quantidade de sódio consumida por dia é de 4,5 g por pessoa. A recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é que a ingestão desse nutriente não ultrapasse 2 g diárias.

Hoje, as crianças têm cada vez mais cedo doenças até então consideradas de adultos, como a hipertensão. Por isso, o cuidadocom o consumo de sal deve começar desde a primeira papinha que você prepara para o seu filho.

Isso não quer dizer que a comida fique sem sabor. “A refeição deve ser gostosa. Para isso, além da variação dos ingredientes nopreparo da sopa, é preciso incluir temperos frescos, como cheiro verde, cebola, alho poró e azeite de oliva”, diz Maria Amparo Martinez Descalzo, pediatra do Hospital Santa Catarina (SP).

Essas medidas saudáveis entram no lugar dos caldos, de carne ou galinha, usados para temperar a comida. Dados do estudo mostram que a maior parte do sódio consumido (76,2%) pelos brasileiros vem do sal da cozinha e de condimentos à base desse sal. “Esses caldos devem ser sempre evitados e, principalmente, nunca oferecidos a crianças abaixo de 2 anos”, afirma Amparo. Uma dica da especialista é cozinhar a papinha sem sal, colocando uma pitada na porção que for servir à criança.

Os industrializados, como os salgadinhos e comidas prontas, também entram para a lista dos vilões em quantidade de sódio. E atrapalham o paladar da criança. “Se a criança comeu uma batatinha antes do almoço, por conta do seu sabor acentuado e marcante, ela vai achar a refeição sem graça”, diz a pediatra. Não é que a criança esteja proibida de consumir esse tipo de alimento, mas eles não devem fazer parte do dia a dia.

O mesmo vale para os sucos de caixinha e refrigerantes, que contêm sódio. Substitua-os por sucos de frutas naturais e água. Ela, aliás, é responsável pelo bom funcionamento do rim. “A criança precisa aprender a toma-la desde bebê”, afirma Amparo. Todos esses cuidados servem como prevenção de doenças na vida adulta, como as renais e os acidentes vasculares.

domingo, 28 de março de 2010


Antes de ser mãe, eu fazia e comia refeições quentes. Eu usava roupas sem manchas. Eu tinha conversas calmas ao telefone.

Antes de ser mãe, eu dormia até tão tarde quanto conseguisse e nunca me preocupava com as horas que ia para a cama. Eu tomava banho sem pressa.

Antes de ser mãe, a minha casa estava limpa todos os dias. Eu nunca tropeçava em brinquedos, ou pensava em canções de adormecer.

Antes de ser mãe, eu não me preocupava se minhas plantas eram venenosas. Eu nem sabia que existiam protectores de tomada.

Antes de ser mãe, nunca ninguém me tinha vomitado ou cuspido. Eu nunca tinha sido mordida nem beliscada por dedos minúsculos e nunca ninguém me tinha molhado.

Antes de ser mãe, eu tinha controlo da minha mente, dos meus pensamentos, do meu corpo e do meu tempo. Eu dormia a noite toda!!

Antes de ser mãe, eu nunca tinha segurado uma criança chorando para que pudessem fazer exames ou dar vacinas.
Eu nunca tinha experimentado a maravilhosa sensação de amamentar e saciar um bebé faminto. Eu nunca tinha olhado para olhos marejados e chorado.
Eu nunca tinha ficado tão gloriosamente feliz por causa de um simples sorriso. Eu nunca tinha ficado sentada até tarde da noite só para admirar um bebé dormindo.
Eu nunca tinha segurado num bebé dormindo só porque eu não queria deixá-lo. Eu nunca tinha sentido o meu coração quebrar-se num milhão de pedaços porque eu não pude parar uma dor.
Eu nunca imaginaria que algo tão pequeno pudesse afectar tanto a minha vida. Eu nunca soube que amaria ser mãe.

Antes de ser mãe, eu não conhecia a sensação de ter o meu coração fora do corpo. Eu não conhecia a força do amor entre uma mãe e seu filho.

Antes de ser mãe, eu não conhecia o calor, A alegria, O amor, A preocupação, A plenitude, Ou a satisfação de ser mãe.

Eu não sabia que era capaz de sentir tudo isso com tanta intensidade!

O que é uma mãe?

Uma mãe pode ser de quase todos os tamanhos ou idades, mas nunca admitirá ter mais de trinta anos.
Uma mãe tem mãos suaves e cheira bem.
Gosta de vestidos novos, de música, de ter a casa arrumada, dos beijos dos filhos, de uma máquina de lavar e do papá.
Não gosta de ter os filhos doentes, de pés enlameados, de birras ou más notas.
Uma mãe sabe ler o termómetro (para grande espanto do papá), gosta de magia e pode dar beijinhos até magoar.
Uma mãe sabe fazer bons bolos e doces, mas gosta que os filhos comam legumes.
Uma mãe consegue vestir um bebé gordinho num instante e sabe dar beijinhos em caras tristes e fazê-las sorrir.

sábado, 27 de março de 2010

SER MÃE...

SER MÃE...



Missão... ser mãe


Que missão é essa que me enche
de tanta emoção?...
Meses de enjôos, mudanças no corpo,

dores na coluna, inchaços...

A emoção do primeiro movimento do bebê
dentro da barriga...
Inexplicável como a primeira vez
em que olhei para seu rostinho.

Quantas noites sem dormir,
sofrendo com os choros...
Será dor de ouvido? Fome?
Cólicas? Manha?...

Ser mãe...
É ajudar o filho a largar
sua chupeta e também a mamadeira...
Segurar as suas mãozinhas na hora das vacinas...

É a alegria de ver seus primeiros passos...
e suas primeiras palavras...
tentando formar frases que por muitas vezes

difíceis de serem compreendidas.

Primeiros dias na escola...
levando-os com o coração partido,

mas feliz em ver suas descobertas.
Vibrar com suas vitórias e ampará-los

em suas pequenas derrotas.

Sentir suas mãozinhas procurando as minhas...
Seu corpinho se aconchegando ao meu...
Enquanto eu faço ele dormir.

Ser mãe
É ver crianças pedindo comida
nas ruas e se perguntar:
e se fosse o meu filho?

É desejar sacrificar a vida
para poupar a do filho.
É não se permitir morrer
e desejar viver mais para ver o filho crescer

e realizar os seus sonhos.

É ouvir seu filho falar de seu primeiro amor...
de sua primeira decepção...


Ficar acordada até madrugada para

ouvir o barulho da chave abrindo

a porta e ter a certeza que ele

está novamente em nosso lar.

Ser mãe...
Foi o maior presente que Deus me deu.

É muito bom aprender cada dia um

pouco com você e poder sentir essas

emoções que só quem é mãe pode sentir.

Amo muito você.

CONTOS INFANTIS

A Galinha dos Ovos de Ouro



Certa manhã, um fazendeiro descobriu que sua galinha tinha posto um ovo de ouro. Apanhou o ovo, correu para casa, mostrou-o à mulher, dizendo:
_ Veja! Estamos ricos!
Levou o ovo ao mercado e vendeu-o por um bom preço.
Na manhã seguinte, a galinha tinha posto outro ovo de ouro, que o fazendeiro vendeu a melhor preço.
E assim aconteceu durante muitos dias. Mas, quanto mais rico ficava o fazendeiro, mais dinheiro queria.
Até que pensou:
"Se esta galinha põe ovos de ouro, dentro dela deve haver um tesouro!"
Matou a galinha e ficou admirado pois, por dentro, a galinha era igual a qualquer outra.

Esopo
Quem tudo quer tudo perde.


O Leão e o Ratinho


Um leão, cansado de tanto caçar, dormia espichado à sombra de uma boa árvore. Vieram uns ratinhos passear em cima dele e ele acordou.
Todos conseguiram fugir, menos um, que o leão prendeu embaixo da pata.
Tanto o ratinho pediu e implorou que o leão desistiu de esmagá-lo e deixou que fosse embora.
Algum tempo depois, o leão ficou preso na rede de uns caçadores. Não conseguia se soltar, e fazia a floresta inteira tremer com seus urros de raiva.
Nisso, apareceu o ratinho. Com seus dentes afiados, roeu as cordas e soltou o leão.


Uma boa ação ganha outra. 






A Lebre e a Tartaruga


Era uma vez... uma lebre e uma tartaruga.
A lebre vivia caçoando da lerdeza da tartaruga.
Certa vez, a tartaruga já muito cansada por ser alvo de gozações, desafiou a lebre para uma corrida.
A lebre muito segura de si, aceitou prontamente.
Não perdendo tempo, a tartaruga pois-se a caminhar, com seus passinhos lentos, porém, firmes.
Logo a lebre ultrapassou a adversária, e vendo que ganharia fácil, parou e resolveu cochilar.
Quando acordou, não viu a tartaruga e começou a correr.
Já na reta final, viu finalmente a sua adversária cruzando a linha de chegada toda sorridente.

Moral da história: Devagar se vai ao longe!



A Menina do Leite


A menina era só alegria.
Era a primeira vez que iria à cidade, vender o leite de sua querida vaquinha.
Colocou sua melhor roupa, um belo vestido azul,e partiu pela estrada com a lata de leite na cabeça.
Ao caminhar, o leite chacoalhava dentro da lata.
A menina também, não conseguia parar de pensar.
"Vou vender o leite e comprar ovos, uma dúzia."
"Depois, choco os ovos e ganho uma dúzia de pintinhos."
"Quando os pintinhos crescerem, terei bonitos galos e galinhas."
"Vendo os galos e crio as galinhas, que são ótimas para botar ovos."
"Choco os ovos e terei mais galos e galinhas."
"Vendo tudo e compro uma cabrita e algumas porcas."
"Se cada porca me der três leitõezinhos, vendo dois, fico com um e ..."
A menina estava tão distraída em seus pensamentos, que tropeçou numa pedra, perdeu o equilíbrio e levou um tombo.
Lá se foi o leite branquinho pelo chão.
E os ovos, os pintinhos, os galos, as galinhas, os cabritos, as porcas e os leitõezinhos pelos ares.

Moral da história:
Não se deve contar com uma coisa antes de conseguí-la. 

O Cão e a Carne.


Era uma vez um cão, que ia atravessando um rio; levava na boca um suculento pedaço de carne. Porém, viu na água do rio a sombra da carne, que era muito maior.
Prontamente ele largou seu pedaço de carne e mergulhou no rio para pegar o maior. Nadou, nadou e não achou nada, e ainda perdeu o pedaço que levava.

Moral da história: Nunca deixes o certo pelo duvidoso. De todas as fraquezas humanas a cobiça é a mais comum, e é todavia a mais castigada.


PALAVRA CANTADA!!!

,.. 
   
Por
Cássia Borsero
Eles estão na estrada há 10 anos, fazendo música infantil de qualidade para gerações de crianças que poderão ter o gostinho de cantá-la com seus filhos e netos daqui a muitos outros anos. Educadores e pais de todo o Brasil conhecem bem os sucessos “Sopa”, “Ora Bolas”, “Rato”, “Pindorama”, e muitos outros que fizeram e fazem a infância de seus alunos e filhos. Sandra Peres e Paulo Tatit formaram a dupla Palavra Cantada quase por acaso, ao constatarem a falta de boa música infantil no mercado brasileiro. Acabaram fundando um selo de mesmo nome, que já conta com 16 títulos, entre próprios e de outros artistas. Quatro de seus primeiros trabalhos ganharam o prêmio Sharp de melhor disco infantil.
Outro prêmio veio em 2004: a possibilidade de fazer shows em todos os CEUS - Centros Educacionais Unificados da cidade de São Paulo, para crianças de baixa renda. A recepção não poderia ter sido melhor: com a reprise de vários de seus clipes na TV Cultura, eles descobriram que são um sucesso também na periferia, e as crianças cantam muitas de suas músicas - até as mais compridas - de cor. O MIDIATIVA conversou com Paulo Tatit na sede da Palavra Cantada, em São Paulo. Tatit é egresso do lendário Grupo Rumo, que deu ao Brasil outros grandes compositores infantis: Pedro Mourão e Hélio Ziskind, além do próprio irmão de Paulo, Luis Tatit.
 Filhos... Filhos?
Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-los?
Se não os temos
Que de consulta
Quanto silêncio
Como os queremos!
Banho de mar
Diz que é um porrete...
Cônjuge voa
Transpõe o espaço
Engole água
Fica salgada
Se iodifica
Depois, que boa
Que morenaço
Que a esposa fica!
Resultado: filho.
E então começa
A aporrinhação:
Cocô está branco
Cocô está preto
Bebe amoníaco
Comeu botão.
Filhos? Filhos
Melhor não tê-los
Noites de insônia
Cãs prematuras
Prantos convulsos
Meu Deus, salvai-o!
Filhos são o demo
Melhor não tê-los...
Mas se não os temos
Como sabê-los?
Como saber
Que macieza
Nos seus cabelos
Que cheiro morno
Na sua carne
Que gosto doce
Na sua boca!
Chupam gilete
Bebem xampu
Ateiam fogo
No quarteirão
Porém, que coisa
Que coisa louca
Que coisa linda
Que os filhos são!
POEMA ENJOADINHO
VINÍCIUS DE MORAES

MULHERES VENCEDORAS!!! SOMOS CAPAZES !


Descrição:
CHEGA!! PRA QUEM DISSE QUE A MULHER NÃO CHEGARIA AONDE CHEGOU,
SINTO DIZER NÓS NOS SUPERAMOS:SOMOS VENCEDORAS!
CUIDAMOS DE:CASA,FILHOS,ROUPA, MARIDO,COMIDA,COMPRAS,CACHORRO,CON-  TAS...
LEVAMOS FILHOS AO MÉDICOS,MARCAMOS CONSULTAS,LEVAMOS PRA ESCOLA...
UFA!!! QUE CANÇEIRA É DURO SER MULHER...E COM TUDO ISSO AINDA TRABALHAMOS.E AINDA A OPINIÃO MACHISTA DIZEM QUE NÃO FAZEMOS NADA...         PODE?

mulheres  vencedoras!    somos  capazes.

Caixa de Primeiros Socorros - Amizade | Opini�es em Livra Brasil

Caixa de Primeiros Socorros - Amizade | Opini�es em Livra Brasil

,..

Caixa de Primeiros Socorros

Descrição:

O que é necessário ter na Caixa de Primeiros Socorros:
-Óculos
-Elástico
-Curativo
-Lápis
-Borracha
-Chiclé
-Chocolate Kiss
-Saquinho de chá instantâneo

PARA QUÊ?! VEJAMOS:

ÓCULOS: Para lembrar de “ver” nos outros todas as qualidades que eles têm...

ELÁSTICO: Para lembrar de ser flexível, já que as coisas e as pessoas nem sempre são da forma que queremos que sejam.

CURATIVO: Para ajudar a curar aqueles sentimentos feridos,tanto os seus como os das outras pessoas.

LÁPIS: Para que registre diariamente tudo o que lhe acontece de bom (e são muitas coisas...)

BORRACHA: Para se lembrar que todos nós cometemos erros e temos a oportunidade de corrigi-los.

CHICLÉ: Para lembrar-se de “grudar” nas pessoas que são realmente importantes na sua vida e que o dia-a-dia pode fazer esquecer...

CHOCOLATE KISS: Para que se lembre que todo mundo precisa de um beijo, de um abraço e uma palavra de carinho diariamente...

E finalmente o SAQUINHO DE CHÁ ...

Para quê?! Para que, no final do dia, descanse, relaxe e reflita sobre o que falta
na sua caixinha de primeiros socorros.



Talvez para o MUNDO
você seja apenas “ALGUÉM”,
mas para “ALGUÉM”
você, com certeza, é
“TODO O SEU MUNDO”!

DEPOIS DE LER TUDO ISTO, TEM DUAS OPÇÕES:

-Compartilhar esta Caixa de Primeiros Socorros com as pessoas que são importantes para você...

ou

-Esquecê-la e guardá-la só para si, fazendo de conta que ela não é importante...

quarta-feira, 24 de março de 2010

PÉROLAS DO VESTIBULAR

,..Pérolas do vestibular

Frases colhidas no vestibular 2000:

* Lavoisier foi guilhotinado por ter inventado o oxigênio.

* O nervo ótico transmite idéias luminosas.

* O vento é uma imensa quantidade de ar.

* O terremoto é um pequeno movimento de terras não cultivadas.

* Os egípcios antigos desenvolveram a arte funerária para que os mortos pudessem viver melhor.

* Péricles foi o principal ditador da democracia grega.

* O problema fundamental do terceiro mundo é a superabundância de necessidades.

* O petróleo apareceu há muitos séculos, numa época em que os peixes se afogavam dentro d’água.

* A principal função da raiz é se enterrar.

* A igreja vem perdendo muita clientela.

* O Sol nos dá luz, calor e turistas.

* As aves têm na boca um dente chamado bico.

* A unidade de força é o Newton, que significa a força que se tem que realizar em um metro da unidade de tempo, no sentido contrário.

* Lenda é toda narração em prosa de um tema confuso.

* A harpa é uma rosa que toca.

* A febre amarela foi trazida da China por Marco Polo.

* Os ruminantes se distinguem dos outros animais porque o que comem, comem por duas vezes.

* O coração é o único órgão que não deixa de funcionar 24 horas por dia.

* Quando um animal irracional não tem água para beber, só sobrevive se for empalhado.

* A insônia consiste em dormir ao contrário.

* A arquitetura gótica se notabilizou por fazer edifícios verticais.

* A diferença entre o Romantismo e o Realismo é que os românticos escrevem romances e os realistas nos mostram como está a situação do país.

* O Chile é um país muito alto e magro.

* As múmias tinham um profundo conhecimento de Anatomia.

* O batismo é uma espécie de detergente do pecado original.

* Na Grécia, a democracia funcionava muito bem, porque os que não estavam de acordo, se envenenavam.

* A prosopopéia é o começo de uma epopéia.

* Os crustáceos fora d’água respiram como podem.

* Os hermafroditas nascem unidos pelo corpo.

* As glândulas salivares só trabalham quando a gente têm vontade de cuspir.

* A fé é uma graça através da qual podemos ver o que não vemos.

* Os estuários e os deltas foram os primeiros habitantes da Mesopotâmia.

* O objetivo da Sociedade Anônima é ter muitas fábricas desconhecidas.

* A Previdência Social assegura o direito à enfermidade coletiva.

* O Ateísmo é uma religião anônima.

* A respiração anaeróbica é a respiração sem ar, que não deve passar de três minutos.

* O calor é a quantidade de calorias armazenadas numa unidade de tempo.

* Antes de ser criada a Justiça, todo mundo era injusto.

* Caracteres sexuais secundários são as modificações morfológicas sofridas por um indivíduo após manter relações sexuais.

(Colaboração da leitora Zoraida Gazal Ale.)

Frases 02

Frases 02
: "� Para mim, estranha mesmo �a gente tida como normal. N�o �bizarro algu�m em casa lavando pratos? (Jane Campion)"

Da Mamãe

DA MAMÃE, FRASES:                                                                                          
  · Um filho, numa mulher, é uma transformação. Até uma cretina quando tem um filho melhora. (Nelson Rodrigues)





VERSOS ÍNTIMOS



Versos Íntimos
Augusto dos Anjos

Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável!
Acostuma-te à lama que te espera!
O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora, entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera.
Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.
Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!