Venham se divertir!

Venham se divertir!
Artesanatos, receitas, reportagens, idéias etc
Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 17 de novembro de 2012

,..,

PUFF DE GARRAFAS PET APRENDA COMO FAZER  



Puff de garrafas PET passo a passo
Puff de garrafas PET
Aprenda passo a passo como fazer uma peça de artesanato reciclado, um puff de garrafas pet, uma peça que é útil, bonita, moderna e ecologicamente correta, esse móvel ainda pode ajudar você a ganhar dinheiro extra. E é facílimo de fazer!
Foi-se o tempo em que reciclagem era coisa de meia dúzia de gatos pingados. Com o planeta cada vez mais pedindo socorro, transformar lixo em luxo  virou moda e tem conquistado cada vez mais pessoas dispostas a ter uma vida mais ecológica.
Quer oportunidade melhor para dar uma cara nova à sua casa sem gastar fortunas? A artesã Maria Cristina Pereira da Silva aproveitou essa onda verde para montar um lindopufe de garrafas pet.
Pronto em 6 passos, este PUFF é fácil de fazer!
Você vai precisar de: 
  • 32 garrafas pet de formato igual
  • 1 almofada ou travesseiro velho
  • 1 rolo de fita adesiva transparente
  • 1 estilete
  • 1,70 m de tecido
  • Linha e agulha
  • Linha de crochê para o bordado (opcional)
As garrafas pet podem ser de dois litros ou de 2,5 você que escolhe.

PASSO A PASSO PUFF DE GARRAFAS PET

1. Corte 16 garrafas na altura em que afunilam. Descarte os bicos e encaixe-as nas garrafas que ficaram inteiras.
2. Separe as garrafas de duas em duas, alternando um bico para cima, outro para baixo. Prenda com fita.
3. Monte uma fileira com quatro garrafas e reforce com fita adesiva. Mantenha os bicos alternados.
4. Junte 4 fileiras de garrafas, formando um quadrado. Reforce cada junção novamente usando a fita adesiva.
5. Prenda o travesseiro ou a almofada na parte de cima, usando a mesma fita adesiva. Ele deixará o pufe macio.
6. Faça uma capa bonita com um tecido de sua preferência e enfeite como quiser. Cubra o pufe com ela.
Pronto!
Outras idéias para fazer Puff de garrafas PET:
Puff de garrafa Pet feito por Selma Regina de Souza:
Puff de garrafas PET
Puff triângulo de garrafas PET
POR: ARETSANATOBRASIL

,..,

Pipoca Doce

INGREDIENTES

  • 5 colheres de sopa de óleo
  • 5 colheres de sopa de milho para pipoca
  • 5 colheres de sopa de açúcar
  • 3 colheres de sopa de água
  • 1 colher de sopa de chocolate em pó
Anúncios Google
Saiba Como Perder BarrigaBeSlimbrasil.com.br/Perder-Barriga
Perca 6 a 8cm em 1 Sessão. Sessão Cortesia - Tijuca e Barra!

MODO DE PREPARO

  1. Colocar tudo na panela
  2. Levar ao fogo baixo à médio, mexendo sempre devagar
  3. A pipoca irá demorar um tempo maior para começar a estourar
  4. Desligar o fogo quando o intervalo de tempo entre os estouros da pipoca diminuir
  5. Está pronta para comer
  • ESTA RECEITA É DO SITE TUDOGOSTOSO!!!!

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

        Oi! há quanto tempo né? Depois de muito tempo sem pc e um novo bebê, voltei! 
Vou pôr o blog em manutenção e volto jajá com novidades!!!! 
Felicidade a todos e aguardem!!!
         Beijão,
                         Simone

sábado, 2 de abril de 2011

Pais de trigêmeas perdem guarda por tentarem abandonar uma das bebês 02 de abril de 2011 | 0h 00

Pais de trigêmeas perdem guarda por tentarem abandonar uma das bebês

02 de abril de 2011 | 0h 00
Trigêmeas nascidas no dia 24 de janeiro, após reprodução assistida, estão sob cuidados do Conselho Tutelar de Curitiba sob a alegação de terem sido rejeitadas pela família. A intenção do casal era ter somente dois filhos e, segundo informações da maternidade onde os bebês nasceram, como pretendiam deixar um para adoção, o Ministério Público foi acionado e obteve liminar para colocar todas sob a tutela do Estado.
Funcionários do hospital contam que, durante o parto, o pai afirmou que levaria somente dois bebês. Ele chegou a escolher duas das três meninas, que nasceram prematuras e com pulmão ainda em desenvolvimento. Ao saber que uma das escolhidas precisaria de cuidados especiais, por estar mais fragilizada, teria dispensado a garota, dizendo que só queria as saudáveis.
Enfermeiros e médicos, comovidos com a situação, mobilizaram-se para dar assistênciaaos bebês. Psicólogos tentaram convencer os pais a aceitar todas as crianças, mas não tiveram sucesso. As três meninas permaneceram por um mês na maternidade, embora já tivessem condições de serem levadas para casa com 10 dias de vida. Todas estavam saudáveis.
Posteriormente, os pais teriam ido ao hospital para tentar levar apenas duas meninas para casa. No entanto, elas já tinham sido encaminhadas ao Conselho Tutelar. O Estado apurou que os pais, arrependidos, já entraram com pedido de reconsideração na Justiça, requerendo a guarda das trigêmeas. O processo tramita em sigilo na Justiça.
O diretor clínico do Centro de Fertilidade de Curitiba, Karam Abou Saab, responsável pela transferência dos embriões, disse que conversou com os pais após o episódio. "Coloquei-me à disposição para tentar entender." Saab ressaltou que os pais sabiam que teriam trigêmeas.
Segundo Artur Dzik, presidente da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana, o Brasil realiza cerca de 25 mil ciclos de reprodução assistida por ano - desses, cerca de 30% resultam em gravidez. Desses 30%, cerca de 5% são de trigêmeos ou quádruplos. "É por isso que o Conselho Federal de Medicina publicou uma resolução limitando o número de embriões de acordo com a idade da paciente (mais informações nesta página). Em 20 anos de profissão, nunca vi um caso parecido. Essa foi uma gravidez planejada. Imagino que exista um componente psicológico muito forte por trás disso." 
Posteriormente, os pais teriam ido ao hospital para tentar levar apenas duas meninas para casa. No entanto, elas já tinham sido encaminhadas ao Conselho Tutelar. O Estado apurou que os pais, arrependidos, já entraram com pedido de reconsideração na Justiça, requerendo a guarda das trigêmeas. O processo tramita em sigilo na Justiça.
O diretor clínico do Centro de Fertilidade de Curitiba, Karam Abou Saab, responsável pela transferência dos embriões, disse que conversou com os pais após o episódio. "Coloquei-me à disposição para tentar entender." Saab ressaltou que os pais sabiam que teriam trigêmeas.
Segundo Artur Dzik, presidente da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana, o Brasil realiza cerca de 25 mil ciclos de reprodução assistida por ano - desses, cerca de 30% resultam em gravidez. Desses 30%, cerca de 5% são de trigêmeos ou quádruplos. "É por isso que o Conselho Federal de Medicina publicou uma resolução limitando o número de embriões de acordo com a idade da paciente (mais informações nesta página). Em 20 anos de profissão, nunca vi um caso parecido. Essa foi uma gravidez planejada. Imagino que exista um componente psicológico muito forte por trás disso." 
FONTE: JORNAL ESTADÃO

segunda-feira, 28 de março de 2011

sábado, 9 de outubro de 2010

5 maneiras de preparar o seio para a amamentação

Especialistas lembram que não há comprovação científica sobre o sucesso das recomendações

Crescer

Fernando Martinho
· Sempre que possível, tome banho de sol nas mamas, por até 15 minutos, no horário das 8h às 10h; 

· Opte por sutiãs de algodão: são mais higiênicos e deixam a região mais ventilada; 

· Passe uma bucha vegetal nos seios enquanto toma banho, para estimular os mamilos;

· Se o seio rachar durante a gravidez, use vaselina pura ou produtos à base de lanolina;
 
· Conchas de amamentação ajudam a estimular o bico durante a gravidez.

Tudo sobre o ultrassom, o exame mais popular da gestação

Todos os pais — sem exceção — emocionam-se ao olhar aquela mancha cinza no ultrassom. Desvende aqui o que há nas imagens turvas do exame mais importante da gravidez

Malu Echeverria

Muito além de matar a curiosidade de pais, avós e desvendar o sexo do bebê, o exame de ultrassom é fundamental para verificar o desenvolvimento e a saúde do feto. Mas prepare-se: a imagem que você verá é apresentada em 256 graduações de cinza, por isso não se sinta intimidada em perguntar o que é o que ao seu médico. 

Os líquidos, como o saco gestacional e a placenta, aparecem em nuances escuras.O bebê apresenta-se em tons de cinza. Os tecidos mais densos, como os ossos, são identificados em branco. Entendeu? 

Relaxe,o importante mesmo é o médico verificar, entre outros aspectos, a quantidade de líquido amniótico (entre 1 e 1,5 litro); peso, altura e movimentação do bebê (crianças em sofrimento fetal ficam mais quietas); os batimentos cardíacos e a respiração (mais evidentes a partir do terceiro trimestre). É claro que,mesmo nesse aglomerado de cinzas,você perceberá a cabecinha, os braços e as pernas — e também descobrirá o sexo do seu bebê. 

Para quem não agüenta aguardar os nove meses para saber a fisionomia do filho, o ultrassom tridimensional oferece essa viagem maravilhosa.O exame é indicado, principalmente, quando há casos de malformações na família, como lábio leporino.
Infográfico Renata Chabetal


1. Pernas e pés 
Além de conferir todos os ossos, o exame mede o comprimento para avaliar se a proporção está de acordo com o resto do corpo 
2. Genitália O sexo do bebê pode ser visto a partir da 20ª semana. Mesmo que os pais não queiram saber qual é, os órgãos são analisados no exame. A margem de erro na descoberta do sexo não chega a 1% 
3. Cordão umbilical 
O ultra-som, aliado à tecnologia doppler (que avalia a vascularização do bebê), observa se a quantidade de sangue que circula na placenta e no cordão umbilical é suficiente, além do número de veias e artérias que irrigam a região 
4. Braços e mãos Examinam-se o número e o tamanho dos ossos, assim como a quantidade de dedos. É comum surpreender o bebê com as mãos na boca, chupando o dedo 
5. Placenta e saco gestacional 
De conteúdo líquido, são facilmente visualizados no exame.Quando a placenta fica na região mais baixa do útero (placenta prévia), deve ser monitorada e, possivelmente, indicará uma cesariana 
6. Cabeça e face A distância entre os olhos, a medida da cabeça e a implantação das orelhas são analisadas. Fora do padrão, podem indicar malformação, como síndrome de Down. O ultrassom também verifica a formação dos lábios 
7. Estômago 
A presença de líquido no estômago facilita a visualização do órgão. É também um sinal de que ele já está funcionando. Assim como ocorre com os rins e a bexiga 
8. Coluna vertebral Ela deve ser observada em todas as porções (cervical, torácica e lombar), se a posição do bebê for favorável 
9. Coração 
Os batimentos cardíacos podem ser ouvidos logo nas primeiras semanas de gestação.Cerca de 80% das síndromes cromossômicas apresentam alterações cardíacas.

Prisão de ventre na gravidez A ingestão de fibras é fundamental para o equilíbrio do funcionamento intestinal

Prisão de ventre na gravidez

A ingestão de fibras é fundamental para o equilíbrio do funcionamento intestinal

Suzana Dias


As frutas contribuem para o alívio da constipação, já que muitas delas são compostas por fibras. Mas é importante ingerir outras fontes de fibra, como grãos integrais, feijões e legumes. Beber muita água também umedece as fezes e facilita sua eliminação.Quem não gosta muito de tomar água pura pode colocar uma rodelinha de limão, laranja ou umas folhas de hortelã no copo, para dar um sabor especial. Outra boa idéia é deixar ameixas-pretas em uma jarra com água e beber dois ou três copos por dia. Frutas indicadas: ameixa, mamão, manga, morango, laranja (com bagaço), abacaxi, jaca, figo e damasco. Frutas contra-indicadas: goiaba, maçã, banana, pêra e caju.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

CAMPANHA CONTRA ADIÇÃO DE FLÚOR E OUTROS SAIS NA ÁGUA


 Provavelmente muitos já conhecem, mas aí vai para conhecimento e
divulgação. Falta fazer campanha contra o Iodo em todos os sais de uso
alimentar.
abraço a todos
SIMONE

FLÚOR... VENENO NA ÁGUA DE ABASTECIMENTO PÚBLICO DO BRASIL!

"Nações que ainda praticam fluoretação de água deveriam envergonhar-se de
si mesmas."
(Dr. Arvid Carlsson, PhD, ganhador do Nobel de Medicina e Fisiologia, ano
2000)

Situação atual em nosso país:
Os brasileiros foram transformados em BIODIGESTORES de resíduos tóxicos
das indústrias de alumínio e fertilizantes, graças aos "lobbies" das
mesmas que "convenceram" políticos do governo Geisel, em 1975 a criar a
vergonhosa lei de fluoretação compulsória.

Esta página contém links de artigos e vídeos sobre fluoretação de água,
tema polêmico que está atraindo cada vez mais críticas. Na maioria dos
países europeus a fluoretação de água tratada é proibida.
Nos EUA, Inglaterra, Austrália, Nova Zelândia, Irlanda e alguns países do
3° mundo, atinge a maior parte das águas de abastecimento público.

PROBLEMA:
O tema fluoretação de águas está sendo discutido há muitos anos e houve
sempre uma minoria de cientistas e médicos alertando para os efeitos
nocivos do flúor adicionado à água tratada, dentifrícios ou sal de
cozinha, que tem sido sistematicamente recebido a aprovação dos órgãos de
Saúde do governo norte americano para "proteger" os dentes das crianças.

Com a expansão da Internet ao longo dos últimos 10 anos, fatos ALARMANTES
sobre a fluoretação de água e sua adição à cremes dentais, sal de cozinha,
etc estão se tornando mais conhecidos do grande público. Qualquer busca no
Google retorna uma enorme quantidade de informações que você precisa tomar
conhecimento, se está interessado em proteger sua saúde e de sua família.
A pergunta imediata é: o governo não considera a fluoretação do
abastecimento público de água algo nocivo?

Porque os ministérios da Saúde permitem e até forçam, por leis, a
fluoretação da água? Possivelmente porque "governo" é uma "entidade"
abstrata formada por centenas de políticos, seres humanos passíveis de
falhas, erros e/ou corrupção?
Como se fluoretar água não bastasse, adiciona-se muitas vezes flúor ao sal
de cozinha, além do desnecessário (e talvez nocivo iodo adicionado).
Procure comprar apenas o "sal marinho", não refinado, não iodado, não
fluoretado, em geral vendido nas lojas de produtos naturais.Procure achar
uma forma para evitar água fluoretada.

Em vários países a fluoretação de água do abastecimento público nunca foi
praticada ou então foi interrompida e proibida por lei, como na Alemanha,
Holanda, Franca, Bélgica, Finlândia, Dinamarca, Suécia, Noruega, Polônia,
Japão, Rússia, Itália e Escócia, como cita
http://www.mercola.com/2002/feb/9/fluoride_safety3.htm

Na Suíça houve fluoretação apenas na cidade de Basel, interrompida em
2003: 
http://www.fluoridealert.org/basel.htm
Finalmente o governo dessa cidade Suíça deve ter sentido vergonha de ser a
única cidade da Europa continental a ter acreditado no "mito", na mentira
iniciada nos EUA, de que administração de flúor na água tratada é
benéfico à dentição da população. Mentira, não só NÃO É útil, como é
prejudicial, provoca fluorose dentária, óssea, acumula-se e intoxica o
cérebro e há estudos relacionando o flúor acumulado no cérebro como parte
das causas de Alzheimer, autismo e mal de Parkinsons.

SOLUÇÕES:
No Brasil não é fácil você se "livrar" do consumo obrigatório do tóxico
flúor, os sistemas de tratamento de água e até mesmo as águas minerais
contém flúor adicionado ( a tal lei de 1975). Basta ler os rótulos das
garrafas de águas minerais, infelizmente quase que exclusivamente de
plástico, o que é um problema adicional.

Será que as empresas que lucram com a venda dos compostos de flúor
corromperam os políticos, para "faturar" às custas de riscos causados à
saúde da população brasileira? Isso não seria a primeira nem a última vez
que ocorre.
Em muitos países a fluoretação de água de abastecimento público é 
proibida, provavelmente porque os grupos interessados AINDA não
conseguiram corromper o legislativo desses governos, ou porque os governos
já sabem que isso é nocivo à saúde da população e o preço para corromper
os legislativos é muito ALTO, ao contrário de paisesinhos do terceiro
mundo.

Se você quiser "desplugar-se", uma das coisas a fazer é DESFLUORETAR-SE.
Infelizmente as fornecedoras de "água tratada" no Brasil proíbem a
construção de cisternas, poços artesianos ou semi-artesianos caseiros. O
governo "obriga" as águas minerais conterem flúor adicionado. Isso por si
só é uma horrorosa violação do direito do cidadão de não ser medicado
compulsoriamente, já que a justificativa da fluoretação é ser um
tratamento preventivo contra cáries. Mas NEM ISSO É!!!
Se você quiser livrar-se desse veneno lento, comece a pesquisar como
consumir água SEM ADIÇÃO DE FLÚOR! Tanto água de abastecimento público
como água mineral engarrafada!
Obter água de nascentes? Construir poços em casa e mandar testar em
laboratório antes de consumir?...

Solução cara, individual
Uma forma para desfluoretar água são os filtros do tipo "osmose reversa",
bastante cara para uso doméstico.
Esse tipo de equipamento usa diversos tipos de filtragem, contem elementos
filtrantes de "polipropileno" para se livrar de um tipo de contaminante
(flúor) passa por um elemento de plástico que provavelmente é
contaminante.

Solução individual e barata... só para quem mora em casa com quintal...
Construir uma cisterna no terreno de sua casa e mandar analisar a água. Se
você residir no meio de uma cidade, provavelmente haverá infiltração de
contaminantes orgânicos (vazamentos de esgotos por exemplo) ou
contaminantes químico-sintéticos. Se você residir em um edifício essa
alternativa não é possível.

A construção de cisternas muitas vezes não é permitida e a pessoa poderá
ser multada.
O problema da água pura para consumo está ficando cada vez maior,
infelizmente. E provavelmente vai piorar muito mais antes de melhorar.

Solução ideal:
O governo revogar a lei absurda de 1975 sobre a fluoretação das águas de
abastecimento público e águas minerais e proibir essa alternativa, a
exemplo da grande maioria dos países civilizados, exceto os EUA onde o
"lobby" da ALCOA iniciou toda essa insanidade. Outros países que fluoretam
são os "maria-vai-com-as-outras" dos EUA: Grã-Bretanha, Austrália, Nova
Zelândia e Irlanda. E vários países do terceiro mundo, cujos políticos são
facilmente compráveis pelos lobbies das indústrias metalúrgicas do
alumínio e de fertilizantes, que fornecem sub-produtos tóxicos de seus
processos industriais contendo flúor, que as fontes dos compostos de flúor
usados pelas empresas de abastecimento de água.

TEXTOS EM PORTUGUÊS
Veneno na torneira
Excelente artigo do site curezone, contando a "estória" da adição de flúor
à água tratada, pastas de dentes e, no Brasil, ao sal "refinado" e até
mesmo à água mineral engarrafada !!!
Texto publicado em português, em diversos sites.

Flúor: remédio ou veneno?
Artigo publicado no site 
http://www.enxaqueca.com.br do Dr. Alexandre
Feldman, médico, autor de livros, especialista no tema enxaqueca. Leiam o
artigo do link acima e pasmem! Por quê no Brasil se pratica a fluoretação
de água tratada, prática PROIBIDA em muitos países?
Por quê, no Brasil, é obrigatória a fluoretação de águas minerais
engarrafadas???
O que nós, brasileiros, ganhamos com isso? Está provado que a ingestão de
água fluoretada é inútil para prevenir cáries.

50 razões para opor-se à fluoretação de águas
Texto de autoria do Dr. Paul Connett, PhD, traduzido para português e
publicado no site 
http://www.laleva.cc

Os absurdos da fluoretação das águas
Outro interessante artigo, do Dr. Paul Connett traduzido para português.

GOVERNO QUESTIONADO A AVALIAR POTENCIALIDADE CARCINOGÊNICA DO FLÚOR EM
ÁGUA TRATADA.

WEBSITES EM PORTUGUÊS:
http://sites.google.com/site/venenofluor/

FÓRUM NO ORKUT:
Fórum " FLÚOR NA ÁGUA NÃO", contendo muita informação interessante:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=30518623

Debates no orkut
Os links abaixo são de um comunidade/fórum de debates do Orkut, onde
dentistas mostram desconhecimento ou desinteresse em relação à extensa
argumentação científica CONTRA a fluoretação de águas.
http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=130823&tid=2433895163495912962

Excelente vídeo, legendado em português:
Lista de reprodução das três partes:
http://www.youtube.com/view_play_list?p=78A71D7B8841C8C5
O vídeo acima é uma entrevista com Christopher Bryson, jornalista
investigativo, autor do livro "The fluoride deception", resultado de 10
anos de pesquisas sobre o tema fluoretação. O vídeo é uma entrevista feita
com ele pelo Dr. Paul Connett, responsável pelo excelente website
http://www.fluoridealert.org

Palestra em inglês:
http://video.google.com/videoplay?docid=-7984669833566646476
Palestra em inglês, do médico Dr. Stanley Monteith denunciando a estória
tenebrosa da fluoretação da água, e fazendo inúmeras considerações que
fazem você saber quem estrá "manipulando" você!
O Dr. Monteith tem esse site: 
http://www.radioliberty.com, onde ele
divulga muitas "estórias por trás da s estórias".

Textos em inglês

FLUORIDE ACTION NETWORK:
http://www.fluoridealert.org/
O site acima, tendo como co-fundador o Dr. Paul Connett, PhD, Professor
de Química da St. Lawrence University, Canton, N.Y. é um dos melhores na
divulgação do absurdo da fluoretação de água no mundo, que seria melhor
definida como "medicação obrigatória, forçada" uma clara violação do
direito do cidadão decidir que "remédio" deseja consumir. O Brasil é um
dos "imitadores" do governo americano, e implantou a fluoretação de águas
tratadas, com consequências graves para sua população. Os cartéis
industriais estão "felizes" com isso, a indústria farmacêutica também.

Lista de países onde não há fluoretação de águas:
Lista de países onde a fluoretação não é praticada, ou até mesmo proibida
com declarações de autoridades explicando as razões dos governos em
impedir ou evitar a fluoretação da água para uso público

Quantos países fluoretam sua água?
Texto extraído do artigo de autoria do Dr. Paul Connet, PhD "The 'Fuzzy
Math' of Fluoride Promotion que foi publicado em julho de 2002 no site 
Redflagsweekly.com comentando sobre quantos países realmente fluoretam
suas águas.
http://www.fluoridealert.org/carlsson-interview.html
Entrevista com o Dr. Arvid Carlsson, PhD, prêmio Nobel de
Medicina/Fisiologia do ano 2000.
"Nations who still practice water fluoridation "should feel ashamed of
themselves"
(Nações que ainda praticam fluoretação de águas deveriam envergonhar-se de
si mesmas).
(Dr. Arvid Carlsson)

Flúor e osteoporose, flúor e câncer
Artigo original em inglês, publicado no site: 
http://curezone.com/blogs/m.asp?f=456&i=8

Cidades debatem o flúor na água da torneira
Artigo original em inglês, publicado no site da "
http://www.fluoridealert.org ", sobre o debate em torno de fluoretação de
água.

Is fluoride really safe as you are told?
(O flúor é realmente seguro como lhe disseram?)
Artigo em inglês, em três partes, publicado originalmente no site do Dr.
Mercola, mostrando ser a fluoretação de água não só injustificada como
"proteção" contra cáries como também nociva.

Artigo sobre filtros para desfluoretar água
Nesse link há um artigo alertando os muitos malefícios do flúor, e
mencionando no final alguns princípios de desfluoretação de água, uma
tarefa nada simples.
http://thyroid.about.com/cs/toxicchemicalsan/a/flouride_2.htm
Título: O perigo escondido em sua água e cremes dentais.
Subtítulo: As conexões do flúor e água fluoretada com doenças da tireoide.